Publicidade

Vereador Pavão Filho diz que líder comunitário fez cobranças descabidas

Acusado, vereador aponta o dedo para líder comunitário

Em reposta ao blog, Pavão Filho, acusado de injúria, lesão corporal dolosa e dano, mostra que não gostou mesmo de ter sido questionado pelo líder comunitário Leonardo Costa sobre um centro de saúde de “propriedade” do vereador que está fechado.

Na Nota enviada por sua assessoria, Pavão considera que a cobrança foi indevida e que “o senhor Leonardo tentou tumultuar a reunião” da comissão que acompanha as obras realizadas pela Prefeitura de São Luís na Vila Riod e bairros adjacentes, base eleitoral do vereador. A reunião aconteceu justamente na sede do Centro de Saúde que está fechado, sem atender a comunidade da região que precisa de assistência de saúde.

Veja abaixo a Nota enviada pela assessoria do vereador Pavão Filho:

 

 

 

 

Busca