Publicidade

“Vaquinha” pode salvar fusca incendiado

 

O protesto realizado na região central de São Paulo no sábado (25) contra a Copa do Mundo resultou no incêndio do Fusca 1975 do serralheiro Itamar Santos, de 55 anos. O motorista tentou furar a barricada montada pelos manifestantes e atingiu um colchão em chamas que ficou grudado no veículo.”Fiquei em choque, saí do carro para tirar o colchão e ir embora, mas depois vi que já não tinha mais jeito”, disse o serralheiro.

Quem participava do protesto afirma que o ocorrido foi um acidente, e que as informações divulgadas na imprensa dando conta de que os manifestantes atearam fogo no veículo não são verdadeiras.

Mas, a boa notícia é que o seu Itamar pode ter seu 'fukinha' restaurado, quem sabe até outro carro. Uma galera da internet se organizou para arrecadar doações e trazer de volta às pistas o carro, que é usado pelo serralheiro para trabalhar. A campanha de doação na internet já arrecadou mais dinheiro do que valia o Fusca. E pode arrecadar ainda mais, pois tem grupo no facebook e site dedicados a receber as doações.

O valor estimado do carro era de 6 mil reais, mas o seu Itamar confirma que pelo menos 7 mil reais foram depositados na conta de sua mulher, que foi divulgada para as doações. Mas esse valor já deve ser maior, pois ele confessa que não tem acompanhado as últimas doações. Estima-se que as arrecadações já chegaram perto de 20 mil reais. Boa parte ainda está com o grupo que montou o site, que está esperando finalizar a campanha para entregar o montante ao serralheiro.

 

Busca