Publicidade

Sobre a a execução do brasileiro na Indonésia

Brasileiro na prisão Indonésia antes da execução

Agradeço ao Sr. presidente da Indonésia por negar o ridículo pedido de clemência do governo brasileiro para o traficante internacional Marcos Archer, brasileiro preso e condenado ao fuzilamento. Uma lição de como tratar pessoas que destroem lares, famílias e o nosso bem maior, a vida.

Vamos pedir clemência às pessoas que acordam cedo para trabalhar em condições precárias. Clemência aos nossos agentes da lei que morrem todos os dias, nos defendendo desses marginais e tantos outros, e que ainda são massacrados pelos defensores dos direitos humanos, que só se preocupam em proteger vagabundos e marginais como esse brasileiro.

Clemência sim aos familiares dos muitos policias mortos, em todo o país. Clemência aos brasileiros que, neste momento, estão morrendo dentro dos hospitais públicos do Brasil, no quais recebem tratamento desumano.

Clemência às milhares e milhares de famílias que sequer tem o que comer. Clemência ao povo brasileiro, que dia após dia vem sofrendo com a ingerência dos nossos governantes.

Clemência aos cidadãos de bem e ordeiros, e não a vagabundo, traficante e marginal. Clemência aos filhos do tráfico que todo dia leva centenas a óbito. Muitos por não pagar a droga que traficantes como o brasileiro executado.

Obrigado ao governo da Indonésia pelo exemplo.

 

*Autor desconhecido

 

 

Busca