Publicidade

Secretário desmonta a gestão de Ricardo Murad

Jorge Vieira – O secretário de Saúde do Estado, Marcos Pacheco desmontou, nesta tarde de terça-feira (17), com dados estatísticos e de forma elegante, a gestão do ex-secretário Ricardo Murad e mostrou que Saúde pública não se faz apenas construindo hospitais, mas com prevenção. Médico praticante, Pacheco advertiu que não adianta ter hospitais que não funcionam e apresentou números alarmantes sobre mortalidade infantil por falta de assistência básica, no governo de Roseana Sarney.

O secretário abordou apenas tecnicamente todo o mecanismo de funcionamento do setor de saúde pública, reconheceu a ampliação da rede de hospitais, mas lamentou que a grade maioria esteja fechado ou inacabado. Marcos Pacheco criticou ainda o fato da gestão anterior ter se equivocado ao dar preferência aos hospitais de pequeno porte (20 leitos) ao invés dos 100 leitos para atender a demanda.

Marcos Pacheco foi elegante, pois sequer citou a dívida de R$ 150 milhões herdada da gestão do pai da deputada Andrea Murad, que estava presente e escutou as explicações técnicas bem caladinha, por suspensão de repasses feita ainda na antiga gestão, mas já paga pelo governo atual.

Talvez em respeito a deputada filha do ex-secretários, Marcos Pacheco evitou dizer que só na pasta do cunhado de Roseana Sarney, o governo herdou dívida de R$ 184 milhões por não quitação de débitos contraídos com diversos tipos de contratação e transferências.

 

 

Busca