Publicidade

Roseana Sarney está entre os primeiros a depor na Polícia Federal

De acordo com reportagem do Jornal Hoje, da Rede Globo, a ex-governadora do Maranhão está entre os primeiros envolvidos na Operação Lava Jato a prestarem depoimento na Polícia Federal. As investigações entram numa nova fase. Nos próximos dias a PF recebe os inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) envolvendo políticos suspeitos de envolvimento no maior esquema de corrupção do Brasil.

Devem ser divulgados em breve os depoimentos de Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef que, em delação premiada, escancararam o funcionamento do esquema e revelaram os nomes dos possíveis envolvidos, entre os quais 3 maranhenses: Roseana Sarney (PMDB), Edison Lobão (PMDB) e Waldir Maranhão (PP).

Dos 49 investigados, 20 vão prestar depoimentos neste primeiro momento. Entre os primeiros, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB); o presidente da Câmara dos Deputados, Educardo Cunha (PMDB) e a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB).

Como a filha de Sarney está atualmente fora do país com a família, passando uma temporada de férias nos Estados Unidos, ela precisa voltar ao Brasil para prestar depoimento. Se não comparecer, Roseana Sarney pode ser conduzida de forma coercitiva ou mesmo ter decretada sua prisão preventiva. Dessa forma, em tese, teria de ser deportada.

Veja a reportagem do Jornal Hoje:

 

 

Busca