Publicidade

Problemas de segurança básica e infraestrutura no Porto do Itaqui

Em 2014, foram registrados 144 acidentes na área interna do Porto do Itaqui. Este número poderia ser menor se houvesse maior preocupação com as condições oferecidas aos trabalhadores. A falta de segurança do trabalho é um dos problemas mais urgentes a serem resolvidos no Porto, que apresenta também vários problemas estruturais por pura falta de investimentos da gestão anterior. O piso dos berços dos navios, por exemplo, algo básico, está comprometido e afeta diretamente a qualidade do serviço prestado.

E se houver um incêndio no Porto do Itaqui? É erguer as mãos e pedir socorro a Deus. Parece brincadeira, mas não é. A coisa é séria. Simplesmente, não há brigadistas do Corpo de Bombeiros para atuar em caso de acidentes ocorridos na área interna, e há falhas no sistema anti-incêndio, verificadas após testes feitos pela nova administração do Porto

Presidente da Emap apontou os problemas no Porto

O atual presidente da Emap – Empresa Maranhense de Administração Portuária, Ted Lago, assegurou que todos os esforços para superar este quadro herdado da gestão passada serão feitos pela nova administração.

Os problemas foram relatados diretamente ao governador. Em visita ao Porto, nesta segunda-feita (12), Flávio Dino determinou que sejam tomadas as devidas providências para a solução imediata de cada problema. Acompanhado de secretários de estado e do presidente da Emap, o governador coordenou os diálogos pela integração do Porto ao projeto de desenvolvimento inclusivo do Maranhão.

 

 

Busca