Publicidade

Prefeitura de São Luís descarta aumento de passagem

Está explicado porque a greve dos rodoviários continua. Não é de hoje que todos sabem desconfiam que o Sindicato do Rodoviários é usado pelos empresários do transporte coletivo em São Luís num joguinho de compadres para pressionar a Prefeitura por aumento da tarifa.

Uma novela que se repete a cada ano, onde o roteiro já é mais conhecido do que 'novela das 8'. Todo ano a mesma coisa: rodoviários em greve, empresários reclamam que estão falidos, população refém e a prefeitura obrigada a 'pagar o resgate'. Acontece que a Prefeitura, diferente do que vem fazendo nos últimos anos, desta vez botou o pé na parede e, além de descartar aumento de tarifa, ainda cortou um tal de subsidio, que era um repasse de R$ 2 milhões por mês, repassados aos empresários para compensar 'perdas' no sistema.

Leia aqui: Deputado diz que greve de rodoviários é estimulada por empresários

Em razão disso, é que a greve continua. Porque, afinal de contas, o que eles (empresários e Sindicato dos Rodoviários) esperam é o aumento da tarifa. Melhorar o serviço ninguém quer. Trocar as latas-velhas por ônibus novos, também não. Tratar o usuário com respeito e dignidade, diz te arreda.

Afinal, o que interessa aos rodoviários é ganhar um salário melhor e aos empresários bamburrar às custas de um serviço porco que é prestado por suas empresas. Mas, a Prefeitura precisa se manter firme na defesa dos interesses do cidadão.

Reunião na SMTT. Aumento de tarifa descartado

 

Busca