Publicidade

Policiais em greve o Maranhão

Após várias tentativas de negociação com o governo, militares decidiram em assembleia geral, na noite desta quarta-feira (26), por paralisação por tempo indeterminado, até o que governo do estado atenda as reivindicações da categoria.

Diferente do que muita gente pense, os policiais não reivindicam apenas questão salarial. Reclamam o não recebimento de fardas há mais de 2 anos, a falta de treinamento específico para condutores de viaturas, falta de armamento e equipamentos.

Os militares estão acampados na Câmara Municipal desde o fim da assembleia da categoria. Esposas também estão presentes em apoio aos seu maridos. Todos são unânimes em responsabilizar o governo Roseana Sarney pelo caos na segurança pública do estado e pelas condições adversas impostas aos policiais.

 

 

 

Busca