Publicidade

O trabalho da PMMA nas ruas de São Luis é mérito só dos policiais

O trabalho que vem sendo realizado pela Polícia Militar nas ruas de São Luis e mesmo dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas é mérito somente dos homens da PMMA. Sem quantidade suficiente de homens para dar conta da enorme missão que é controlar o caos dentro da cadeia e proteger a sociedade de represálias aqui fora, os policiais estão abrindo mão de folgas, férias, do seu lazer com a família.

Barreira policial na Av. dos Holandeses

“Nós estamos trabalhando feito burro de carga, estamos cansados”, declarou um comandante, que o blog prefere não identificar. Pra quem acha que o governo do estado tem algum mérito nessa história, ouvimos diversos policiais que reclamam da falta de atenção, de reconhecimento do trabalho, de remuneração e, principalmente, de condições e equipamentos.

“Se depender do estado, nós 'tamo' ferrado, a gente tá defendendo a sociedade, mas nossa família tá correndo risco. Já tem policial dizendo que vai se preocupar é em se proteger, só a si e à sua família”, reclamou um policial que participava de uma barreira policial na tarde de ontem, quinta (23), dia em que a faixa de rádio utilizada pela PM foi invadida por bandidos que ameaçaram matar policiais.

Viatura marca presença em conhecido ponto de assalto atrás do Ceuma

Quem andou pela cidade ontem pode ver inúmeras barreiras e viaturas circulando. O comandante ouvido pelo blog disse que há na cidade pelo menos 32 barreiras policiais todos os dias. A PMMA tem de todas as formas ocupado espaço nas ruas para mostrar que a sociedade não está sozinha. E é preciso que a sociedade reconheça esse trabalho e dê o apoio necessário, já que por parte do estado o apoio é só de blá-blá-blá.

 

Busca