Publicidade

O peso sobre os ombros de Ricardo Murad

ricardo-e-Roseana

Ricardo Murad e Roseana Sarney são alvos de auditorias realizadas pela atual gestão do Estado.

Considerado um dos principais “mandachuvas” na gestão da ex-governadora Roseana Sarney, Ricardo Murad é alvo de investigações, suspeitas de irregularidades e fraudes em licitações. O ex-secretário de Saúde de Roseana, que já foi acusado até por formação de quadrilha e já foi condenado pelo Tribunal de Contas, pode ter de responder mais uma vez na Justiça por diversas falcatruas que teriam sido realizadas na Secretaria de Saúde do Estado e que estão sendo investigadas em auditorias realizadas pela Secretaria de Transparência e Controle do Estado.

Diante de um histórico desses, com cada vez mais suspeitas e investigações, o blog jeisael.com separou alguns dos problemas que pesam sobre os ombros do cunhado de Roseana Sarney:

1. Ricardo Murad é suspeito de superfaturamento em contratos realizados quando comandava a Secretaria de Saúde

De acordo com um levantamento feito pela Secretaria de Transparência e Controle, os contratos firmados pela Saúde, quando Murad era secretário, apresentam sobrepreços de 45% a 85%. Em um dos convênios firmados havia o pagamento à Litucera Engenharia e Limpeza de R$ 10,95 por um simples copo de leite com biscoito. Segundo a auditoria, os contratos firmados com a empresa, assim como em outros 19 casos, aconteceu sem licitação.

2. Ricardo Murad alvo da Justiça por formação de quadrilha e fraude em licitação 

O cunhado da ex-governadora Roseana Sarney virou alvo da Justiça desde 2005, quando era gerente de Desenvolvimento de São Luís, e foi acusado de formação de quadrilha e fraude em licitações na contratação de uma empresa de segurança e limpeza. Na época, a então procuradora-geral de Justiça, Fátima Travassos, pediu a exclusão das acusações contra Ricardo Murad. Agora, a ex-procuradora é ré em ação de improbidade administrativa por ter, segundo o Ministério Público, recomendado a exclusão de Murad devido ao fato de eles serem aliados e amigos pessoais.

3. Ricardo Murad é suspeito de ter usado helicópteros da Saúde para transportar sua filha durante as eleições

Um caso que tem levantado discussões acaloradas na Assembleia Legislativa é a suspeita de que helicópteros contratados para transporte de pacientes tenham sido utilizados irregularmente pela filha de Ricardo, a deputada estadual Andrea Murad, e pelo seu genro, o deputado Souza Neto, para fazer campanha no interior.

Segundo registros da Secretaria de Saúde e das planilhas de voos da PMR Taxi Aereo, das 40 viagens feitas em setembro de 2014, 17 foram no trajeto de São Luís a Coroatá, base política da família Murad.

4. Ricardo Murad não entregou os hospitais prometidos pelo governo Roseana Sarney

O projeto megalomaníaco de Ricardo comprado pela ex-governadora Roseana Sarney, de construir mais de 100 hospitais em todo o Maranhão, saiu longe do prometido. Com verbas do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o projeto previa a construção de hospitais de pequeno, médio e grande portes. De mais de 100 prometidos, apenas 42 foram “entregues”. Pelo menos cinco deles foram devolvidos pelas prefeituras por falta de viabilidade financeira para manutenção. Outros 17 tiveram as obras abandonadas.

5. O maior e mais importante hospital do Maranhão sucateado durante a gestão Sarney e Murad

Segundo a Secretaria de Transparência e Controle, mais de R$ 154 milhões já foram gastos  com a reforma do Hospital Carlos Macieira, que ainda apresenta sérios problemas e está inacabado. Além de contratos irregulares, equipamentos caros, como um aparelho de hemodinâmica, avaliado em R$ 2 milhões, estão parados em um almoxarifado. Apenas um dos cinco elevadores do hospital funciona, e a rede elétrica está precária, com frequentes oscilações, colocando em risco aparelhos caríssimos.

Busca