Publicidade

Notinhas da Cerimônia de Diplomação dos Eleitos

Sem lugar…

Ricardo Murad foi visto perambulando entre as cadeiras do Centro de Convenções em busca de um lugar para sentar. Andou de um lado para o outro, mas só restava cadeira vazia nas carreiras reservadas à Imprensa. Ele preferiu ficar de pé.

…e sem bigode

Quem não se fez de rogado foi o eterno deputado federal Sarney Filho, que apareceu sem bigode. Tomou assento na área reservada para os jornalistas. Não durou muito. Marrapá, um famoso blogueiro falou alto: “ei, o que esse filhote da oligarquia faz aqui?”. Sarney Filho fingiu que não ouviu, mas levantou e tirou pra fora.

Com bunda

Primeira eleita chamada para ser diplomada, Andrea Murad, feia que só ela, apareceu no telão de perfil. Teve um gaiato que murmurou na plateia: “olha, ela tem bunda”. Maldade. A bichinha tava até bonitinha maquiada.

Birrento em fuga

Ricardo Murad em fuga

Ricardo Murad acompanhou a diplomação da filha e fez questão de ir embora imediatamente. Tudo para não acompanhar a diplomação de Flávio Dino.

Agora vai

Quem tomou assento junto à imprensa foi o vereador Batista Matos, ainda no PPS. Os gaiatos do Alto Clero da Imprensa ficaram alvoroçados. “Pode ou não pode esse homem aqui?”. Pode. Ah se pode. O homem é, antes de tudo, jornalista. Em janeiro, Matos assume a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de São Luís.

Um docinho

Quem é o membro do Alto Clero que chegou atrasado na Cerimônia trajando um elegantíssimo terno italiano na cor marfim? Pense numa chiquesa! Os gaiatos que não entendem nada de moda disseram “olha Doce de Leite”. Marrapá, que coisa. Lima logo essa turma.


 

 

Busca