Publicidade

Ministério Público pede informações sobre Parque Folclórico da Vila Palmeira

Ministério Público quer mais informações sobre o parque, que durante 25 anos esteve em poder do vereador Astro de Ogum.

Ministério Público quer mais informações sobre o parque que, durante 25 anos, esteve em poder do vereador Astro de Ogum.

Raimundo Garrone – O Ministério Público do Estado solicitou informações ao Governo do Estado sobre a utilização do Parque Folclórico da Vila Palmeira em São Luís, que durante 25 anos foi utilizado sob o comando do vereador Astro de Ogum. Localizado em um dos bairros mais carentes da capital, o parque vinha sendo gerenciado pelo vereador, mesmo pertencendo ao Estado, em regime de comodato.

Esta semana, a 2ª Promotoria de Justiça Comunitária Itinerante enviou ofício ao Governo do Maranhão em busca de informações sobre quais são os projetos do Poder Executivo para reocupação do poder público naquela região. O documento foi enviado à Secretaria de Estado da Cultura para providências.

O pedido da Secretaria de Cultura para reaver a utilização do Parque Folclórico para o Estado tem por finalidade fazer com que ele seja usado como um verdadeiro espaço público. Segundo a promotoria, o pedido de informações surgiu do diálogo do Ministério Público com o Movimento Popular da Vila Palmeira – que vem lutando há mais de 10 anos pela democratização do acesso ao Parque Folclórico, que até o mês de abril de 2015 servia de garagem e depósito de material das escolas de samba. Desconfia-se que o nobre vereador estaria explorando comercialmente o espaço.

O movimento alega ainda que, em 2007, enviou ao Governo do Estado projeto para democratização do espaço intitulado “Ligando Gerações”, no entanto, a cessão permaneceu com o vereador por arte do conluio de Roseana e a Câmara de Vereadores para vencer as eleições de 2010.

Busca