Publicidade

Internacional: The New York Times destaca o declínio do grupo Sarney

Manchete: Declínio de uma família política abre caminho para uma mudança no Brasil

O Jornal mais influente dos Estados Unidos, o The New York Times, fez uma análise do declínio da família Sarney no Brasil. A matéria assinada pelo jornalista Simon Romero (chefe do escritório do Brasil), conta sobre a derrota do grupo Sarney no Maranhão nas eleições deste ano para Flávio Dino (PC do B), e a decisão de José Sarney de não concorrer à reeleição para o Senado.

A reportagem mostra, além dos Sarneys, que as tradicionais oligarquias brasileiras estão perdendo espaço, e cita o exemplo da derrota de Helder Barbalho, filho de Jader Barbalho (PMDB), para o governo do Pará. O coronelismo vem perdendo espaço nas urnas, segundo o NYT, mesmo assim, o senador Renan Calheiros (PMDB) conseguiu eleger seu herdeiro, Renan Filho, para o governo de Alagoas.

O jornal americano destaca José Sarney como torcedor do golpe militar de 64, discorre sobre sua habilidade artimaniosa de permanecer por tanto tempo na política brasileira, e trata ainda do controle que sua família mantem sobre os meios de comunicação do Maranhão, os quais utilizou para derrubar adversários e manter-se no poder, a exemplo do massacre promovido contra o ex-governador Jackson Lago.

 

Busca