Publicidade

Farra no governo Arnaldo Melo: R$ 60 milhões em 15 dias

Abre o olho, Arnaldo Melo

De acordo com o Portal da Transparência, em apenas 15 dias, o governo Arnaldo Melo conseguiu gastar mais R$ 60 milhões de reais, uma média de R$ 4 milhões de reais por dia. Nesse ritmo, até o último dia no cargo, o governador-tampão chega a R$ 90 milhões.

E quais os grandes feitos de Arnaldo Melo desde que Roseana Sarney deixou o governo? Festas, muitas festas desde o primeiro dia (inclusive o aniverário da filha no Palácio dos Leões), alguns passeios de helicóptero pelo interior do estado com o pretexto de “inaugurar” obras como o “balneário” no município de Fortuna, que custou R$ 800 mil reais e não passa de uma poça de lama, e a aposentadoria da ex-governadora concedida por Arnaldo em menos de dois dias como governador-tampão.

Da soma de R$ 60.012.018,30 movimentados, mais de R$ 11 milhões foram repassados para amigos prefeitos de municípios do interior do estado. Uma verdadeira farra.

Interessante observar que para a capital maranhense nenhum recurso foi disponibilizado. A cidade de São Luís permanece, mesmo nos últimos dias de governo Roseana/Arnaldo, discriminada por ter um prefeito que não reza a cartilha da oligarquia.

O governador-tampão diz que “nas duas últimas semanas demos não apenas a continuidade às obras e ações, como também aceleramos o andamento de muitas atividades”. Parece piada.

Arnaldo concluiu a Via Expressa? Deu andamento às obras da avenida IV Centenário? Finalizou o Ginásio Costa Rodrigues? Se para todas as perguntas a resposta for não, é preciso então que o governador-tampão diga a que obras e projetos relevantes deu continuidade em 15 dias de “mandato” e o que justifica a movimentação de mais de R$ 60 milhões de reais nesse curto período. Mas aí, seria pedir demais. Afinal, Melo não soube sequer dar qualquer informação do governo para o governador eleito Flávio Dino. Imagine.

 

Busca