Publicidade

Eliziane Gama está confiante, mas sabe que não contará com apoio exclusivo de Flávio Dino nas eleições de 2016

Eliziane em evento do PPS

Impressiona o grau de confiança da deputada federal Eliziane Gama (PPS) em relação a uma candidatura para disputar a prefeitura de São Luís em 2016. Não apenas em suas palavras, mas em seu comportamento é possível perceber que Gama, de fato, acredita que pode ser sim a próxima prefeita da capital.

Em conversa com o titular do blog jeisael.com na manhã deste sábado, durante o Congresso Nacional da Juventude Socialista, Eliziane mostrou-se entusiasmada, mas disse saber que não poderá contar com o apoio exclusivo do governador Flávio Dino. “Ele vai apoiar a mim, ele vai apoiar o prefeito Edivaldo se tiver que apoiar, ou qualquer candidato dentro do seu campo de atuação”, afirmou a deputada com a tranquilidade, segundo ela, de que ao final o resultado será do sentimento popular.

Para quem ainda duvida que Eliziane Gama será mesmo candidata, ela dá o recado: “a candidatura do PPS é uma candidatura consolidada, construída, competitiva e é uma candidatura forte”.

Os aliados mais próximos à deputada parecem contagiados com o otimismo. O deputado estadual Cabo Campos (PP) disse que o cenário é muito favorável à “candidata” do PPS. Mesmo levando em conta as articulações que ainda vão acontecer, ele considera que “virtualmente já temos a próxima prefeita”. Campos acha que o atual prefeito não representou nenhum tipo de renovação. “Nós entendemos que São Luís precisa de renovação, porque o “novo” ainda não chegou”, alfinetou.

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, apesar de mais cauteloso em suas afirmações não consegue esconder a empolgação. Para ele, a candidatura de Eliziane é prioridade do partido. “Nas próximas eleições municipais, ela pode vir a ser, quem sabe, a próxima prefeita de São Luís. Tem gabarito pra isso e tem muita responsabilidade. Acho que São Luís iria ganhar e o Maranhão também”.

Ao ser anunciada no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa, Eliziane foi recebida pela juventude do seu partido aos gritos de “prefeita, prefeita, prefeita”. O governador acompanhou com palmas, mas quando perguntado sobre o fato de ter dois aliados prestes a disputar a prefeitura de São Luís em 2016, Flávio Dino desconversou.


 

 

Busca