Publicidade

Deputado critica Inquérito contra policial blogueiro

Deputado estadual Cabo Campos.

Deputado estadual Cabo Campos.

Em discurso na tarde desta segunda-feira (18) na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Cabo Cambos saiu em defesa do Sargento Ebenilson Costa Carvalho, que enfrenta um Inquérito Policial Militar (IPM) após postar em seu blog críticas sobre o reajuste oferecido pelo governo do Estado aos delegados e coronéis. O deputado já havia se manifestado afirmando que não acredita que o governador Flávio Dino concorde com o inquérito e que os Direitos Humanos precisam se posicionar sobre o caso.

Em sua fala, o deputado afirmou que assim como qualquer outro cidadão, o sargento Ebenilson tem o direito constitucional de se expressar e que coibir isso designaria um retrocesso. “Infelizmente, o companheiro Ebnilson está sendo vítima desse retrocesso, está sendo vítima desse atraso. Todos têm o direito de se manifestar livremente, segundo a Constituição Federal. Claro, a sua manifestação não pode ser anônima e o companheiro Ebnilson, em hipótese alguma, se colocou detrás de uma carapaça do anonimato, não, disse.

Para o deputado, a classe militar sofre ainda com um “decreto imperial” que impede policiais militares de falarem o que pensam, fazendo com a PM seja “a única instituição onde não pode se manifestar livremente”. Cabos Campos disse ainda que casos como esses só vão deixar de existir com a mudança do regulamento disciplinar do Exército em código de ética, e que o governo do Estado já havia acenado para que esse tipo de situação não acontecesse mais.

Campos fala sobre assassinato de sargento.

Durante o mesmo discurso o deputado falou sobre o assassinato do tenente Ramos, morto na madrugada do último domingo (18), em São Luís.  Ao finalizar sua fala o parlamentar fez um pedido aos policiais militares. “Eu quero fazer um pedido aos policiais militares que estiverem na rua e que estiverem me ouvindo: quando for um caso desses, metam fogo nesses canalhas”, finalizou.

 

Busca