Publicidade

Deputado cobra diálogo do governo com PM’s em greve

Deputado Rubens Pereira Júnior

Há uma semana teve início a segunda paralização por tempo indeterminado da história da polícia militar do Maranhão, curiosamente ambas na gestão da governadora Roseana Sarney.

A cada dia o movimento tem crescido com a adesão de mais trabalhadores. Hoje, além de São Luís, atinge também as cidades de Imperatriz, Timon, Bacabal. Até o momento os manifestantes não conseguiram sequer ser ouvidos por qualquer membro da administração estadual.

A categoria alega que a governadora Roseana Sarney (PMDB) não cumpriu acordo feito em 2011 de reajuste e as condições de trabalho precárias. O Coronel Melo, que foi demitido do posto de Comandante do Policiamento do Interior após criticar o governo Roseana, afirmou que a governadora não investe em segurança pública e desvaloriza os profissionais que fazem a segurança do cidadão. A declaração e o envolvimento no movimento resultaram na prisão do coronel por “desobediência.”.

Nesta quarta-feira (02), o deputado estadual Rubens Jr. (PCdoB), usou a tribuna da assembleia legislativa para cobrar a interlocução do governo a fim de por fim a greve. Ele cobrou da própria assembleia, por meio da comissão de segurança, tomasse uma atitude. “A Comissão de Segurança está fazendo o que no meio desta greve? Assistindo? É melhor fechar a Comissão de Segurança.”

Para o líder da oposição na casa nada justifica a ausência de diálogo. Segundo ele, a omissão do governo estaria apenas contribuindo para o aumento da violência em todo o estado e atrasando o fim da greve. “Esta inclusive tem sido uma das reivindicações da categoria, que ontem (01), oficializou a solicitação de um interlocutor para tentar acabar com a paralização. Enquanto isso o número de homicídios e assaltos segue aumentando.” Concluiu o parlamentar.

 

Busca