Publicidade

Comissão Externa da Câmara Federal aprova visita ao Nordeste para tratar de cancelamento de refinarias

Reunião da Comissão de deputados federais | imagem: Robson Gonçalves

A Comissão Externa criada na Câmara dos Deputados em Brasília para acompanhar os impactos do cancelamento pela Petrobras da construção da refinaria Premium I, no Maranhão, e Premium II, no Ceará, aprovou nesta quarta-feira (4) visita aos dois estados para a realização de audiências públicas para debater o assunto.

 

As diligências são fundamentais para conhecer detalhes dos impactos causados pela decisão da estatal de extinguir o projeto para erguer o empreendimento nos dois estados. A Petrobras chegou a gastar R$ 2,1 bilhões somente em terraplanagem e adaptações viárias, mas cancelou em janeiro a continuação das obras.

 

A deputada maranhense Eliziane Gama (PPS) é quem está coordenando a Comissão. Ela disse que é preciso colher informações efetivas para cobrar a responsabilidade de cada um sobre o cancelamento destes dois projetos que causou prejuízos enormes à região Nordeste. “A comissão externa também vai compartilhar com a CPI da Petrobras dados que forem colhidos durante este nosso trabalho”, reforçou.

 

A ideia dos parlamentares é visitar os canteiros de obras desativados das refinarias e realizar audiências públicas nas Assembleias Legislativas do Maranhão e do Ceará.

 

Sede da Petrobras

 

A Comissão Externa autorizou ainda que um grupo de deputados federais vá até a sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, para se reunir com a cúpula da estatal em busca de mais informações sobre os motivos que levaram ao cancelamento das duas refinarias nordestinas. O grupo ainda não definiu as datas da realização das visitas.

 

 

Busca