Publicidade

“Choque”: Apreensão de armas de fogo em bairros nobres

Ações do Batalhão de Choque da Polícia Militar, neste domingo (29), resultaram na apreensão de armas de fogo em bairros nobres da capital. Na primeira ocorrência, por volta das 17:20h, durante blitz policial na avenida Principal, que liga o bairro Renascença ao São Francisco, em frente a Extrafarma, próximo à rotatória, foi apreendida uma Pistola Taurus 7.65 cromada, numeração FIH 13232, com um carregador e 15 munições intactas.

Pistola 7.65 estava em poder de Valdecy Araújo de Souza

A arma estava em poder de Valdecy Araújo de Souza, 35 anos, que não apresentou qualquer documentação da arma à guarnição. Valdecy, que trafegava em seu veículo, um Golf amarelo de placa OJA 2547 também não apresentou documento de porte legal de arma de fogo. Ele foi conduzido ao Plantão Central da Beira Mar, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência. Por se tratar de uma arma com numeração intacta, cabe ao conduzido o pagamento de fiança para responder pelo crime em liberdade.

 

Segunda ocorrência

Marlinson Muniz Rocha e a arma apreendida


Já por volta das 21:30h, a viatura CHQ 16, cob o comando do cabo PM Avelar, soldados Vicente, Thiago e Hudson, realizava rondas na Avenida Um no bairro Alto Calhau, próximo a rotatória da Avenida Eduardo Magalhães, quando os policiais abordaram dois elementos em atitude suspeita.

Na averiguação, os PMs encontraram em poder da dupla um revólver calibre 38, de numeração 90501, com 04 (quatro) munições. Marlinson Muniz Rocha, 24 Anos, e um menor de idade, de 17 anos, foram apresentados no Plantão Central da Beira Mar, sob a acusação de porte ilegal de arma de fogo, onde foi lavrado o flagrante.

 

 

Busca