Publicidade

Calendário de pagamento não agradou servidores do estado

Secretário justifica e diz que pode haver mudanças posteriormente

O governo divulgou nesta quarta-feira (14) a tabela com as datas de pagamentos de salários dos servidores públicos do estado para este ano. Acostumados a uma tabela de pagamento que prevê o recebimento sempre dentro do mês trabalhado, muitos servidores estão torcendo o nariz para o Calendário 2015.

Observe que a previsão de pagamento do salário de dezembro deste ano é para janeiro de 2016. Não se trata, evidentemente, de nenhuma aberração, porque qualquer trabalhador sabe que, de acordo com a lei, os salários podem ser pagos até o quinto dia útil do mês subsequente ao vencimento.

Tabela de 2014: todos os pagamentos dentro do mês

O problema é o tal do “costume”. Os servidores do estado habituaram-se a programar seus pagamentos tendo como certeza o recebimento dos salários dentro do mês trabalhado. (Veja ao lado a tabela do ano passado).

Por mais que a diferença seja de apenas um dia, eles reclamam que, com a nova tabela, vai ser preciso pedir a mudança de vencimento de algumas contas como água, luz e aluguel, e arcar com juros e multas de outras, como prestação de automóveis, que não podem ter as datas alteradas.

O blog jeisael.com entrou em contato com o secretário de Gestão e Previdência, Felipe Camarão, que lembrou a informação de que a tabela deste ano foi elaborada em conjunto com a Secretaria de Planejamento levando em conta o Fluxo de Caixa do estado.

Outro fator importante a se considerar é o rombo deixado nas finanças do estado pelo governo anterior. Camarão, entretanto, fez questão de pontuar que a tabela tem datas referenciais, de modo que o pagamento pode ser feito antes do dia estipulado sempre que houver disponibilidade financeira. “Nada impede também que o calendário seja alterado posteriormente”, alertou.

 

 

 

Busca