Publicidade

Bandido com visão de Raio-X

Por volta das 16 horas de ontem fui abordado por um meliante armado com uma faca de aproximadamente 18cm, na esquina da Magalhães de Almeida com a Henrique Leal, no Centro da cidade, em uma tentativa de assalto.
.
O cara não deve ter nem cinquenta quilos, e bem que poderia no mundo do crime ter a alcunha de “Espirro”, “Só-osso”, “Peninha”, “Peso-leve” ou coisa do tipo. Nú da cintura pra cima com as costelas à mostra, parecia estar passando fome há meses.
.
Há algumas coisas no mínimo curiosas no acontecido: o local, muito movimentado; o horário, em plena luz do dia; a diferença de porte, eu com 87 quilos e 1,80m, ele com no máximo 50 quilos e não deve passar de 1,60m; e, finalmente, a visão de raio-x do marginal.
.
O cara sabia exatamente o que queria e sabia onde (o que queria) estava. Travou-se o seguinte diálogo:
.
– Eu só quero o N95 (celular da Nokia) que tá aí no bolso. Disse ele, ao surgir abruptamente apontando com o pequeno instrumento cortante na mão. Ou seja, o cara tem visão de raio-x, mano.
.
Uns dois segundos (no máximo) após me recompor do susto e avaliar a situação, retruquei:
– Tu quer meu celular mesmo ou tu quer umas porradas, seu vagabundo? Com voz agressiva e ‘soltando fogo pela venta’.
.
Curiosamente, o malaco deu um sorrisinho sacana, baixou a faca e saiu resmugando.
Até agora tô tentando entender o porquê de eu não ter dado umas porradas nele ali mesmo.
.
Logo que subi a rua Henrique Leal, deparei com dois PMs menos de 50 metros da esquina onde o fato acabara de ocorrer. Relatei o fato e…
.
…claro que os ‘puliça’ nem sequer ensaiaram uma reação.
.
Mas o que me impressionou mesmo foi a Visão de Raio-X do “magrelo”. Um lance tipo dá-me a visão além do alcance” do Lion dos Thundercats.
Busca