Publicidade

15 mil excedentes do concurso da PMMA estão aptos a serem chamados

O anúncio de Flávio Dino, nos primeiros minutos como governador, de chamar mil excedentes do concurso da PMMA, pegou de surpresa as viúvas da oligarquia. A cada medida anunciada, os “bocas-pretas” se mobilizam para tentar minimizar seu impacto ou simplesmente descredibilzar o novo governo. Com o anúncio da chamada dos excedentes não foi diferente.

Entre as mentiras espalhadas, a principal é que somente 3 mil foram aprovados. Sendo assim, ninguém mais poderia ser chamado, porque esse é o número de convocados previsto no Edital, e o governo Roseana chamou exatamente essa quantidade.

Estão fazendo uma confusão danada entre “aprovados” e “classificados”. Vamos trazer à luz essa questão. Existe uma cláusula no Edital que estabelece o mínimo de 24 pontos como nota de corte. Ou seja, abaixo de 24, reprovado; daí pra cima, aprovado. Cerca de 18 mil candidatos alcançaram essa pontuação, portanto, foram aprovados. Mas, como dito acima, apenas 3 mil poderiam ser classificados, de acordo com o Edital.

Dito isto, significa que ainda existem 15 mil aprovados e não classificados que podem ser chamados a qualquer momento pelo governo, desde que se crie as condições para isso, como a alteração no número de classificados no Edital. Como a Justiça entende que o governador pode chamar quantos forem necessários até a validade do concurso, o ato do novo governo está perfeitamente seguro e respaldado. O resto é chororô de “bocas-pretas”.

Até mesmo sobre a validade do concurso que se encerra em março, não há porque ficar criando caso. O certame pode ser perfeitamente revalidado por mais 2 anos. E, assim, o governador teria, além dos mil já convocados, mais 14 mil aptos a serem chamados, sem a necessidade de realizar um novo concurso, o que representa economia de tempo e de dinheiro para o Estado.

O secretário de estado de Gestão e Previdência, Felipe Camarão informou ao blog jeisael.com que a lista de classificados já está sendo montada e estará disponível com a maior brevidade possível.

 

 

 

 

Busca