Publicidade

VÍDEO: Marco Aurélio detona oportunismo de Wellington do Curso sobre curso de medicina na UemaSul

Resultado de imagem para deputado marco aurélio

O deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) partiu para cima do colega de parlamento Wellington do Curso (PP) na sessão plenária desta segunda-feira, 19, na Assembleia Legislativa. O comunista detonou o oportunismo de WC, que quis faturar com o anúncio feito pelo governador Flávio Dino no início do mês de que na Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul) será implantado o Curso de Medicina.

Desde o anúncio feito pelo governo do Estado, Wellington tem tentado faturar politicamente com a implementação do novo curso em Imperatriz. O fato revoltou Marco Aurélio, que usou a tribuna para detonar o oportunismo de WC, crítico voraz do Executivo Estadual.

“Quando não faz, cobra porque o governo não fez. E quando o governo faz, chama para si. Aí de repente vai lá o governo, faz todo o planejamento e vai cumprir, preparar todas as etapas e aí de repente quem fez a indicação posta nas redes sociais: ‘A nossa luta pelo curso de Medicina na UemaSul’. Que luta? Mostre-me uma única ação, além da indicação! Só uma! Mostre-me uma reunião com alguém, com a Reitoria, com alguém do governo, mas não, coloca simplesmente quando faz de que é obrigação do governo fazer. Seja justo, tenha senso de justiça”, disparou Marco Aurélio.

Natural de Imperatriz e entusiasta da criação e fortalecimento da UemaSul, o comunista criticou a postura de Wellington do Curso na Casa e o “ódio de algumas pessoas em relação ao governador Flávio Dino impede dessas pessoas verem o que está sendo feito”. De acordo com Marco Aurélio, a indicação de WC em nada influenciou na implantação do curso de medicina, já que ele não propôs nada concreto para ninguém, nem reuniu com secretários ou com o próprio corpo diretor da universidade.

“Nós temos que ser justos quando o governo não está fazendo, cobrar. E quando o governo está fazendo, se eu não tiver hombridade de reconhecer, precisa nem defender, não precisa nem promover, mas pelo menos não querer se apropriar daquilo que o Governo está fazendo”, sublinhou Marco Aurélio.

Sem razão, Wellington do Curso silenciou.

Confira abaixo os vídeos com as declarações  do deputado Marco Aurélio:

 

Busca