Publicidade

Valéria Macedo pede afastamento de Cabo Campos por suposta agressão contra a sua mulher

Resultado de imagem para cabo campos

A presidente da procuradoria da Mulher na Assembleia Legislativa, deputada Valéria Macedo, entrou com um pedido na Casa solicitando o afastamento das atividades parlamentares do deputado Cabo Campos por um prazo de 60 dias. A informação foi dada pela própria deputada ao subir à tribuna nesta terça-feira (06).

Cabo Campos foi denunciado pela própria mulher na semana passada pelos crimes de lesão corporal qualificada pela violência doméstica e injúria. O deputado se defendeu por meio das redes sociais e disse inocente das acusações feitas pela mulher.

Em uma outra decisão proferida pela Justiça, o parlamentar foi proibido de frequentar a casa que dividia com a mulher; proibição de aproximação cujo limite mínimo é de 200 metros; proibição de manter contato com ela por qualquer meio de comunicação. Se houver descumprimento, pode ser decretada prisão preventiva.

Na Casa Legislativa já tramita uma representação formulada pelo Fórum Maranhense de Mulheres pedindo a cassação do mandato de Cabo Campos. A deputada Valéria disse que o pedido de afastamento cautelar do Deputado Cabo Campos por 60 dias tem o objetivo de esperar a formalização do processo disciplinar para a cassação do mandato.

“Eu acredito que esses elementos de prova e entendimento de mérito da ação penal, nós aqui da Assembleia teremos todas as condições de julgar no devido processo legal disciplinar, no qual será julgado se deve ou não perder o mandato o Deputado Cabo Campos”, destacou Valéria Macedo.

Busca