Publicidade

Duas pessoas são feitas reféns durante assalto a joalheria em São Luís; Irmão do proprietário morreu

Na tarde desta segunda-feira (4), o centro de São Luís parou com uma tentativa de assalto a uma joalheria.

O homem identificado como Cleiton Pinto Vasconcelos, fez duas pessoas reféns durante uma tentativa de assalto ao estabelecimento que fica em um prédio comercial/residencial da Rua da Paz.

Havia três pessoas na joalheria no momento da ação. William Araújo Braga, irmão do proprietário, reagiu ao assalto e foi baleado. O dono do estabelecimento chegou a passar mal e foi liberado pelo criminoso, que fez uma mulher de refém, enquanto exigia a presença da imprensa e de seu advogado.

William foi levado ao Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, passou por cirurgia mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A negociação com o criminoso durou cerca de uma hora e 30 minutos. Cleiton Vasconcelos acabou se entregando à polícia e liberando a vítima sem ferimentos.

O assaltante foi preso e levado para o Plantão Central das Cajazeiras.

Imagens mostram o momento em que o criminoso mantém uma vítima refém, e o socorro feito por um conhecido ao proprietário da joalheria que passou mal. Assista:

Busca