Publicidade

Suspeito de agredir cadela Nemeria se apresenta à polícia e nega agressões

A Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da OAB-MA (CPDA) informou que o vigilante suspeito de esfaquear a cadela Nemeria, dentro da Faculdade Kroton/Pitágoras no Turu, se apresentou à polícia nesta quinta-feira (29). Em depoimento o suspeito negou o crime.

Nemeria, que foi brutalmente espancada na cabeça, passou por cirurgia e se recupera bem. O animal perdeu um dos olhos e ainda corre risco de ficar cego do outro. Reveja sobre seu estado de saúde AQUI.

A comissão da OAB informou ainda que está tentando agendar encontro com membros do Ministério Público e da Faculdade Pitágoras para entender melhor o caso e avaliar o envolvimento da instituição de ensino.

“Tivemos informações de que a faculdade poderia ter orientado o funcionário a espantar o animal das suas dependências. Queremos esclarecer a situação e avaliar que medidas podem ser tomadas para que os responsáveis sejam penalizados”, declarou a presidente da CPDA, Camila Maia.

O caso está sendo investigado pela Delegacia do Meio Ambiente.

Busca