Publicidade

Sarneyzistas fogem de Flávio Dino na Assembleia

Chamou muita atenção os deputados estaduais ausentes da abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa, ontem (05), com a presença do governador Flávio Dino. Críticos ferrenhos do governo do Estado, nomes como Andrea Murad, Sousa Neto e Edilázio Júnior sequer apareceram ao plenário para colocar a digital e não levar falta.

Outros como Wellington do Curso e Eduardo Braide preferiram apenas confirmar presença e ir embora antes da chegada do governador. O único que ficou no plenário durante o discurso de Flávio Dino foi Adriano Sarney. A maior parte do tempo no celular, o neto de Sarney parecia estarrecido com o número de ações de governo citadas pelo governador em meia hora de discurso.

Os deputados que fugiram de Flávio Dino na Assembleia perderam uma grande oportunidade de ouvir explicações para várias críticas que eles costumam fazer utilizando a tribuna da Casa. Em um discurso sintético, o governador citou centenas de ações implementadas nos últimos anos e enfatizou os projetos e programas que irão ser feitos em 2018.

Uma pena que os sarneyzistas não aguentem ouvir.

Busca