Publicidade

São Luís: Júri Popular condena a 11 anos de prisão homem que matou menina de 8 anos, após dirigir embriagado

O  auxiliar administrativo Carlos Diego Araújo Almeida, 25 anos, foi condenado pela Justiça do Maranhão a 11 anos e 1 mês de prisão em regime fechado pelo homicídio doloso de Laura Marão, de 8 anos, e por lesão corporal grave do irmão gêmeo dela, Felipe Marão. O crime ocorreu na madrugada de 26 de abril de 2015, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís. As informações são do G1 MA.

O Júri Popular aconteceu no Fórum Desembargador Sarney Costa, no bairro Calhau.  O 4º Tribunal do Júri ficou lotado, e Carlos Diego Araújo Almeida permaneceu de cabeça baixa ao lado do advogado de defesa.

A Justiça determinou ainda que o réu deve cumprir imediatamente a pena em regime fechado sem direito a recorrer em liberdade.

Durante o acidente, Carlos Diego, que dirigia embriagado, não sofreu ferimentos, mas Laura Marão ficou gravemente ferida, foi para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular e não resistiu.

“Era uma criança de oito anos que tinha todo um futuro pela frente e foi interrompido. Que sirva de lição para outras pessoas que antes de, pelo menos, pensar em ingerir bebida alcoólica, que não pegue no volante”, afirmou Luís Sérgio, tio da criança.

Busca