Publicidade

Roseana volta a ter propaganda eleitoral suspensa por irregularidade

 

Acostumada a usar toda a artilharia da sua família para atacar, principalmente por meio de factoides, adversários políticos, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) sofreu mais uma derrota na Justiça Eleitoral.

Dessa vez, a ex-governadora foi condenada por usar na sua propaganda eleitoral uma inserção em que usa o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, para atacar o governador Flávio Dino.

Para a Justiça Eleitoral, Roseana cometeu irregularidade ao fazer com que um aliado político apareça durante toda a sua propaganda. A lei eleitoral prevê que apoiadores só podem aparecer em 25% do tempo de cada programa ou inserção.

Aliás, os ataques ao atual governador foram marca registrada na campanha de Roseana que usou seu tempo na TV para tentar denegrir a imagem de Dino, invés de apresentar suas propostas para o Maranhão.

Como condenação, a mandou suspender a inserção, sob pena de multa de R$ 15 mil por dia.

Busca