Publicidade

Roseana vai deixar o governo antes do fim do mandato só pra não topar com Flávio Dino

Governadora faz birra no fim do mandato

A governadora Roseana Sarney (PMDB) não engole a derrota imposta por Flávio Dino ao seu grupo político. Mesmo não tendo feito o menor esforço pela eleição de Edinho Lobão, Roseana acusa o golpe. Ela não quer nem cruzar com Flávio Dino na transição de governo. Por isso, deve licenciar-se no dia 30 de novembro, deixando o comando do estado com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo.

A informação foi repassada a assessores mais próximos em reunião, ontem (6), no Palácio dos Leões. A governadora não trata abertamente dos motivos da decisão de deixar o Governo antes do fim do mandato. Nem vai admitir a verdadeira razão de deixar o posto para Arnaldo tomar conta até o dia 31 de dezembro: ela não quer passar a faixa de governador para Flávio Dino.

Roseana também vai deixar a residência oficial no Palácio dos Leões antecipadamente, diz ela para que a equipe de transição do novo governador tenha tempo de fazer as mudanças necessárias. O que a governadora não quer mesmo é topar com Flávio Dino de jeito nenhum.

 

 

Busca