Publicidade

Roseana Sarney tinha 120 policiais para sua segurança; Flávio cortou para 50

Roseana Sarney: ''Não tenho medo de bandidos''

Dá pra entender porque a ex-governadora do Maranhão colocava o dedo em riste e bradava não ter medo de bandido. Cercava por segurança 24 horas por dia, Roseana Sarney, de fato, não tinha razão para temer. Mesmo com o estado contando com o menor efetivo policial do Brasil proporcionalmente, o governo da filha de Sarney não abriu mão em nenhum momento de ter à disposição 120 policiais remanejados para cuidar de sua segurança.

Enquanto em muitos municípios do interior do estado a segurança é feita por 6 a 7 policiais que se revezam em turnos de 2 ou 3 homens, somente na residência dos Sarneys, no bairro do Calhau em São Luís, 25 policiais faziam o revezamento em turnos para garantir a segurança de Roseana e seus familiares. Essa era a prioridade de Roseana Sarney na segurança.

Flávio Dino: prioridade é a segurança da população

De outro modo, o governador Flávio Dino diminuiu em mais da metade o efetivo à disposição do Palácio dos Leões. A segurança agora é feita por um efetivo de 50 policiais. De modo que os 70 policiais dispensados da segurança do chefe do executivo possam ir para as ruas e reforçar a segurança da população e combater criminalidade.

 

 

 

Busca