Publicidade

Ricardo Murad comprou tomógrafo que não entrava no hospital que ele mesmo projetou

Engenheiros tiveram que quebrar parede e ampliar sala para instalar tomografo em hospital projetado por Murad.

Engenheiros tiveram que quebrar parede e ampliar sala para instalar tomografo em hospital projetado por Murad.

Marrapá – Um caso pitoresco aconteceu em Pinheiro, no hospital regional que está em obras e será inaugurado nos próximos. O tomógrafo, aparelho utilizado para exames radiológicos, chegou para ser instalado no hospital, mas adivinha? Ele não passou na porta de entrada.

Esse “erro de cálculo” e atestado de incompetência do ex-gestor da Saúde, Ricardo Murad, teve que ser reparado pela equipe técnica da SES já no governo Dino.

Os engenheiros acharam como opção quebrar a parede para que o aparelho pudesse entrar, mas o pior estava por vir: ao tentar colocar o aparelho na sala para o qual ele foi projetado, o tomógrafo não coube por ser simplesmente maior do que o espaço que Ricardo Murad “projetou”.

04e7261fd455ba6ac07314b78a09da94-520x312

Em contato com a Secretaria de Saúde, o blog apurou que a pasta precisou fazer todos os ajustes, quebrar paredes, ampliar espaços pra que o atendimento corra normalmente desde os primeiros dias.

Esse é apenas mais um dentre todos casos que o “experiente” Murad deixa de herança para o Maranhão.

 

Busca