Publicidade

Retirada de cobradores teria sido acertada com presidente do Sindicato dos Rodoviários

 

Como pode isso, minha gente?

O Sindicato dos Rodoviários, que deveria ser o primeiro a encampar a luta pela não retirada de cobradores dos ônibus em São Luís, sentou com o Sindicato dos Empresários do Transportes e teria concordado com a iniciativa dos empresários de botar ônibus pra rodar somente com o motorista.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários foi a público através das redes sociais negar veementemente o fato e desafiou que algum documento fosse apresentado para provar que ele tivesse de acordo com a ação promovida pelos empresários, que, apesar da promessa de realocação dos cobradores,  pode deixar, inicialmente, centenas de trabalhadores sem emprego, podendo chegar na casa de milhares no futuro. “Desafio quem me acusa a mostrar algum documento ou filmagem onde eu concordo com essa prática altamente atentatória ao transporte”, esbravejou.

Pois não é que apareceu o documento? O blog do jornalista Gilberto Leda revela que em ao menos duas datas o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, discutiu em reunião com os empresários “a funcionalidade dos cobradores de ônibus”. Logo em seguida, os primeiros testes começaram a ser feitos na surdina, dentro das garagens, com ônibus sem cobradores, apenas com motoristas.

Acesse o documento aqui. Veja abaixo a imagem de um trecho da Ata que registra a reunião ocorrida ainda no começo do ano, em janeiro, o que mostra que o Sindicato que representa os trabalhadores não foi pego de surpresa:

Busca