Publicidade

“Quem vai entrar para a história da Baixada Maranhense é Flávio Dino”, diz Cafeteira

 

Líder do governo na Assembleia, o deputado estadual Rogério Cafeteira (DEM) ocupou a tribuna para falar sobre o que ele considera ser um dos grandes feitos da gestão Flávio Dino: a construção da ponte que liga os municípios de Central e Bequimão, na região da Baixada Maranhense.

Cafeteira chamou de “extremamente politiqueira” as investidas da oposição ligada ao grupo Sarney para ‘conturbar’ a obra e atacar Dino. O PMDB da ex-governadora Roseana Sarney tenta uma manobra na Justiça contra o governador, alegando que a chegada das estruturas da ponte foi “propaganda eleitoral antecipada”.

“O que não foi feito durante 20 anos será feito agora”, disse Cafeteira alfinetando a ex-governadora Roseana Sarney, que comandou o Estado por quatro mandatos e não entregou a ponte.

Sonho antigo

A Ponte Central Bequimão vai interligar 10 municípios da Baixada Maranhense e é sonho antigo dos baixadeiros. Para Rogério Cafeteira, os governos ligados ao clã Sarney “tiveram décadas para fazer e não fizeram [a ponte]. Quem vai entrar para a história da Baixada Maranhense é o governador Flávio Dino com essa obra, e isso realmente incomoda”.

Ele lembrou ainda da complexidade de execução da obra. “Exatamente porque respeitamos o dinheiro público que a obra tem que ser feita com qualidade”, assegurou.

Busca