Publicidade

Quem são os assassinos?

Do blog de Marco D'Eça

O avô morreu na noite de domingo, após sofrer infarto quando soube da situação da neta.

A neta era a menina queimada por bandidos em um ônibus na Vila Sarney, na noite de sexta-feira, quando o crime resolveu tocar o terror em São Luís.

A menina também morreu, no início desta manhã.

E de quem é a culpa por esta tragédia envolvendo inocentes pobres da periferia de São Luís?

Do sistema de Segurança, que não teve a competência necessária para impedir a ação dos criminosos? Da Justiça, que só vê números em sua frente e manda por na rua marginais perigosos apenas por que a lei fria diz que é assim?

O assassinato da menina e de seu avô é culpa do Estado, como instituição.

O mesmo Estado que não dá garantias de segurança básica ao cidadão, que não oferece Justiça aos que dela necessitam, que não garante o direito de ir e vir e a mobilidade adequada ao cidadão.

São estes os assassinos da garotinha queimada.

Os advogados, tão ávidos pelo dinheiro dos criminosos, deveriam agora agir para garantir reparação a esta família enlutada.

Os marginais que agora gozam da custódia deste mesmo estado – Executivo, Judiciário e Legislativo – são apenas o braço armado dos verdadeiros assassinos.

Eles puxam o gatilho do crime.

Mas o crime acontece bem antes disso…

 

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook