Publicidade

PTB desiste de Cristiane Brasil e deputada não será mais ministra do Trabalho

Imagem relacionada

A novela envolvendo a deputada federal Cristiane Brasil parece finalmente próxima de um fim. Isso porque o PTB, partido que indicou a parlamentar para o cargo, desistiu da indicação de seu nome, após sucessivas derrotas na Justiça, que impediram a posse de Cristiane.

À agência de notícia Reuters, o partido afirmou que indicará um novo nome para ocupar o cargo. A indicação de Cristiane, filha do presidente do partido, Roberto Jefferson, era alvo de intensa polêmica desde que a Justiça barrou sua posse sob a alegação de que ela não tinha condições de assumir o cargo por ter sido condenada em processo trabalhista.

A decisão de desistir da indicação da deputada Cristiane Brasil agora se deve ao fato de que não há perspectivas de que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue o recurso que pretende garantir a posse no ministério, disse a assessoria do partido.

Antes de Cristiane, o PTB havia indicado o deputado Pedro Fernandes (MA) para o cargo, mas a proximidade do parlamentar com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) –opositor ferrenho do governo de Michel Temer– levou a um veto a seu nome.

Busca