Publicidade

Projeto de lei quer proibir porte de arma branca no Maranhão

O deputado estadual Eduardo Braide é o autor do projeto de lei.

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) é o autor do projeto de lei.

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) apresentou na última terça-feira (10), um projeto de lei que proíbe o porte de arma no Maranhão. Segundo o parlamentar, o projeto que conter os assaltos realizados com facas, facões ou punhais, e busca de diminuir também o número de homicídios causados por armas brancas no estado.

Caso o projeto seja aprovado, fica proibido em todo o território maranhense o porte de armas, como faca, punhal e outras similares que tenham pelo menos 10 cm de cumprimento, além de porretes, tacos e soco inglês. Quem for pego portando algum desses objetos estará sujeito a uma multa que varia de R$ 500 a R$ 18.000, sendo que o valor recolhido será destinado ao Fundo Estadual de Segurança Pública (FESP).

O parlamentar afirmou que o porte de arma brancas estará liberado para quem, comprovadamente, utilizar esses objetos como instrumentos de trabalhos.

Busca