Publicidade

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebe apoio de deputados federais

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot

Procurador-geral da República, Rodrigo Janot

Deputados Federais do PPS, Psol e PSB estiveram reunidos nesta quarta-feira (18) com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot para demonstrar apoio dos às ações realizadas pelo Ministério Público Federal (MPF) na Operação Lava Jato.

Para os deputados, a atuação efetiva do Ministério Público com autonomia e independência tem ajudado nos esclarecimentos do esquema que chegou a desviar bilhões dos cofres da Petrobras.

Eles afirmaram ainda que o MPF terá papel decisivo para que todos os envolvidos no esquema respondam pelos seus crimes, e que o órgão tem seguido com as investigações respeitando o estado democrático de Direito e trabalhando com seriedade.

O apoio dos deputados a Janot vem após críticas feitas pelo ex-senador José Sarney (PMDB-AP) e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Após a divulgação da lista de políticos que estão sob investigação na Operação Lava Jato, os peemdebistas partiram em ofensiva ao procurador-geral da República.

José Sarney chegou a afirmar que a inclusão do nome de sua filha, Roseana Sarney (PMDB-MA), na “Lista de Janot” tratava-se de um ato de vingança. Já o presidente da câmara, que também é investigado na Lava Jato, acusou o procurador de “agir politicamente em conjunto com o governo” e de ter “escolhido” quem investigar.

Busca