Publicidade

Primeiro trecho de duplicação da BR-135 deve ser finalizado em 2016, diz DNIT

Reunião convocada pelo deputado Eduardo Braide cobrou explicações sobre a obra.

Reunião convocada pelo deputado Eduardo Braide cobrou explicações sobre a obra.

Em reunião na Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa na última terça-feira (26), o superintendente do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes, garantiu que as obras do primeiro trecho da BR-135 deverão ser finalizadas até o inicio do próximo ano. O encontro entre o superintendente e os parlamentares foi convocado pelo deputado Eduardo Braide (PMN) com o objetivo de entender os motivos que levaram o atraso e a paralisação da obra.

Sobre as denuncias de atrasos, o superintendente afirmou que a lentidão na execução dos serviços se deu pela falta de maquinário e por conta do período chuvoso que dificultou os trabalhos na rodovia. Ele afirmou ainda que a demora na aprovação do orçamento do governo federal para 2015 também atrapalhou o andamento dos serviços.

Os atrasos nas obras de duplicação da BR-135 viraram pautas recorrentes na Assembleia Legislativa. Em algumas sessões, deputados chegaram a questionar as informações repassadas pelo DNIT sobre o estado da obra e a quantidade de trabalhadores que estariam executando os serviços. Uma comissão chegou a ser criada na Casa para acompanhar os trabalhados de duplicação na rodovia.

O serviço de duplicação da BR-135 começou em 2012 e deve custar 400 milhões de reais. A primeira etapa das obras, que compreende o trecho que vai da Estiva até a cidade de Bacabeira, era pra ser entregue em setembro de 2014, mas estava praticamente parada. Segundo o DNIT alguns serviços já foram retornados agora no mês de maio.

Ainda na reunião, Gerardo Fernandes afirmou que as obras de duplicação da Br 135 estão incluídas entre as 28 obras prioritárias do governo federal para o ano de 2015, com recursos garantidos.

 

 

Busca