Publicidade

Prefeitura autoriza concurso público e promove formação de professores

Prefeito assinou na manhã desta quarta-feira (8) autorização de concurso para área da assistência social

Prefeito assinou na manhã desta quarta-feira (8) autorização de concurso para área da assistência social

O prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda, autorizou na manhã desta quarta-feira (8), a realização de concurso público para a contratação de profissionais da área de assistência social. Segundo a prefeitura, serão ofertadas 55 vagas, sendo 30 destinadas para assistentes sociais, 20 para psicólogos e cinco para advogados.

Com a autorização para a realização do concurso, a Secretaria Municipal de Administração (Semad) trabalha junto à Comissão Municipal do Concurso Público no processo de contratação da instituição que irá realizar o certame.

O edital com mais informações sobre o concurso será divulgado até o mês de junho. Além desse, outros três concursos serão realizados ainda em 2015, os da Controladoria Geral da União, Procuradoria Geral do Município e Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Formação de professores.

Já na área da educação, a prefeitura promoveu na última terça-feira (7), no auditório da Secretaria de Estado das Cidades (Secid) o I Encontro Formativo para Coordenadores Pedagógicos e Professores do 2º ano do Ensino Fundamental.

O evento que contou com a participação de 70 professores e coordenadores pedagógicos das unidades escolares de São Luís, tinha como objetivo acompanhar os educadores acerca do ciclo de alfabetização dos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental com foco na Provinha Brasil.

O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, reforçou que o investimento na formação dos educadores da rede municipal é uma estratégia fundamental para ampliar a qualidade do processo de ensino-aprendizagem nas escolas.

“A formação com foco nos sistemas avaliativos do governo federal é uma oportunidade de perceber as melhorias e identificar pontos que precisam ser trabalhados. Trata-se não de uma avaliação dos estudantes, mas de um diagnóstico sobre a qualidade do ensino como um todo, para o planejamento de novas ações. A meta final é a melhoria da qualidade da Educação, que é o objetivo do prefeito Edivaldo”, disse Geraldo Castro.

Busca