Publicidade

Polícia Federal prende ex-comandante dos Bombeiros da gestão Roseana Sarney, por desvio de verba pública

Polícia Federal (PF) e Controladoria Geral da União (CGU) deflagraram na manhã desta quinta-feira (8), em São Luís, a Operação Torrentes II – Círculo de Fogo com o objetivo de desarticular uma organização criminosa formada por empresários e agentes públicos, que são acusados de desviar recursos do Ministério da Integração Nacional (MI) destinados à assistência às vítimas da estiagem no estado do Maranhão.

No Maranhão, nove pessoas foram presas. De acordo com as investigações, foram desviados mais de R$ 10 milhões de reais que seriam usados para o fornecimento de cestas básicas a famílias atingidas pela estiagem nos anos de 2013 e 2014. O dinheiro era desviado através de uma empresa contratada e em seguida, era depositado diretamente na conta dos suspeitos.

Entre os presos estão o coronel do Corpo de Bombeiros João Wanderley Costa Pereira e o primeiro tenente Augusto do César Santos Cutrim, que tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça. Além deles, se apresentou à Polícia Federal o ex-coronel Carlos Robério dos Santos, que ocupou o cargo de Coordenador Estadual de proteção e Defesa Civil do Maranhão entre os anos de 2009 e 2013. Os suspeitos estão sendo ouvidos na sede da Polícia Federal em São Luís. (G1 Maranhão)

Busca