Publicidade

Polícia Federal faz pente fino na Casa de Ricardo Murad; políticos somem

ricardo-fp-400x300 (1)

Jorge Vieira – Antes de conduzi-lo coercitivamente para depor na Polícia Federal no processo que apura desvios de recursos da secretaria de Saúde no Governo Roseana Sarney, agentes federais promovem um verdadeiro pente fino na casa do ex-secretário de Saúde Ricardo Murad.

Obras de artes e um série de objetos foram recolhidos pelos agentes, sendo preciso o uso de uma van para transportar tudo que será foi levado. Neste instante, por volta das 11h, a PF permanecia na residência de Murad, no Olho D’água.

Os federais chegaram na casa do ex-secretário por volta das 6h e lá permanecem até agora 11h30 promovendo uma  varredura em todas as dependência da mansão. Existe a expectativa de que Murad receba voz de prisão ao chegar na sede da PF, que já convocou coletiva de imprensa para 15h.

Abandono – Embora seja considerado um dos expoentes políticos do grupo Sarney, os políticos abandonaram o ex-secretário. Nenhum deputado, prefeito ou vereador aparaceram para levar solidariedade. Apenas a esposa Teresa Murad, prefeita de Coroatá fez companhia a Ricardo durante a revista.

Logos nas primeiras horas da manhã, assim que foi tornada pública a condução coercitiva de Murad, o ex-deputado Gastão Vieira passou dirigindo seu veículos bem devagarinho  em frente a casa, viu toda a movimentação da polícia, da imprensa e se mandou sem olhar para trás.

Busca