Publicidade

PF prende ex-prefeito de São Bento por participação em esquema de fraude

Foto de Jeisael Marx.

Uma operação realizada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (19) em cinco municípios maranhenses resultou na prisão do ex-prefeito de São Bento, Luiz Gonzaga Barros, suspeito de participar de um esquema de fraude em benefícios do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

De acordo com informações da PF, a organização criminosa que estaria atuando também nos municípios de Palmeirândia, Pinheiro, Turilândia e São Luís pode ter desfalcado mais de R$ 1,5 milhão. O montante, porém, pode ser ainda maior de acordo com os agentes.

Denominada “Vínculos”, em referência ao esquema criminoso que agia na implantação de vínculos empregatícios irregulares no CNIS, a operação cumpriu 32 mandados judiciais, sendo 9 de prisão temporária, 19 de busca e apreensão e 4 de condução coercitiva.

Os envolvidos, assim como o ex-prefeito, serão indiciados por pelos crimes de estelionato previdenciário, inserção de dados falsos, associação criminosa e falsidade ideológica, cujas penas máximas acumuladas podem chegar a 24 (vinte e quatro) anos de prisão, sem prejuízo de outras infrações penais que forem identificadas após a deflagração, como lavagem de capitais e organização criminosa. (Com informações do Atual 7).

Busca