Publicidade

Pesquisa: Roberto Rocha despenca, Castelo na frente para o Senado

A pesquisa Exata, divulgada nesta quinta (08), mostra um quadro bem diferente e bastante sensível para o possível candidato a Senador da oposição, o vice prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB), em relação à pesquisa anterior.

Mesmo sendo de institutos diferentes, não se pode negar que é, no mínimo, preocupante imaginar que na pesquisa divulgada em 24 de abril (Instituto Data M), Rocha liderava com quase 33% das intenções de voto e, agora (Instituto Exata), o pretenso candidato do PSB aparece com apenas 24% e em segundo lugar. À frente de Roberto Rocha, aparece o ex-prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), com confortáveis 36%.

No mesmo cenário apresentado, considerando Gastão Vieira (PMDB) como candidato do grupo Sarney, o pemedebista aparece em terceiro lugar com 14%, seguido de Haroldo Sabóia (Psol) com 8%. Votos brancos, nulos e de quem ainda não decidiu totalizaram 18%.

Em outro cenário, mudando o candidato do governo, João Castelo continua na liderança, com 39% das intenções de votos, seguido por Roberto Rocha (PSB) 27%, Haroldo Sabóia (Psol) 10% e Arnaldo Melo (PMDB), no lugar de Gastão, 4%. Votos brancos, nulos e de quem ainda não decidiu totalizaram 20%.

VANTAGENS E DESVANTAGENS

Se por um lado, Castelo aparece bem, liderando as intenções de voto, por outro, os ex-prefeito tem a maior rejeição, enquanto Rocha aparece como o menos rejeitado. O levantamento perguntou aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. 16% disseram que rejeitam votar em João Castelo. O segundo mais rejeitado é Arnaldo Melo com 14%, seguido de Haroldo Sabóia 13%, Gastão Vieira 13% e Roberto Rocha 8%.

Esta é a primeira pesquisa do Instituto Exata, e foi realizada entre os dias 03 e 07 de maio, quando foram ouvidos 2 mil eleitores em 45 municípios do Maranhão. A pesquisa foi contratada pela TV Guará e está registrada na Justiça Eleitoral sob protocolo 010/2014. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos.

 

 

Busca