Publicidade

Partido de Ciro Gomes, PDT vai à Justiça para anular eleição após denúncia contra Bolsonaro

 

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou na manhã desta quinta (18) que o partido vai entrar com uma ação na Justiça Eleitoral pedindo a nulidade das eleições deste ano após as denúncias de práticas ilícitas no uso de redes sociais por parte da campanha do candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro.

De acordo com Lupi, a forma e o conteúdo da peça a ser apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda está sendo estudada pela equipe jurídica da legenda.

O PDT teve o candidato Ciro Gomes em terceiro lugar no primeiro turno da disputa pelo Palácio do Planalto.

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta quinta-feira apontou práticas ilícitas no uso de redes sociais por parte da campanha do candidato do PSL à Presidência. O jornal afirma que empresários têm bancado a compra de distribuição de mensagens contra o PT e a favor de Bolsonaro por WhatsApp, em uma prática que se chama pacote de disparos em massa de mensagens, e estariam preparando uma operação para a próxima semana, antes do segundo turno.

Com informações de Exame.***

Busca