Publicidade

Para Dino, apoio de Roseana para Bolsonaro é para “se dar bem”

 

Governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) comentou, em entrevista exclusiva ao UOL sobre o recente apoio de sua ex-adversária, a ex-governadora Roseana Sarney ao candidato à presidência, Jair Bolsonaro. Para Dino, o apoio da filha de Sarney mostra que a oligarquia quer sempre “se dar bem”.

“Só confirma que eles se alinham a qualquer governo, o negocio deles é se dar bem. Eles devem estar atrás de franjas de poder, de migalhas desse banquete, mas na conjuntura atual é muito difícil porque eles estão muito pouco a oferecer”, criticou.

O governador disse ainda que Roseana, assim como toda a sua família, apoiava o ex-presidente Lula porque via nele uma relação “oportunista”. Durante o primeiro turno, antes da derrota, Roseana criticou a prisão do ex-presidente Lula e chegou a apoiar o movimento que pedia a soltura do ex-presidente, que permanece preso.

“Eles estão muito enfraquecidos. Na verdade, eles sempre tiveram força local porque tiveram força nacional, aplicaram a cartilha do coronelismo com muita precisão, apoiaram todos os governos ferais desde [Juscelino] Kubitschek [1956-1961] para ter poder e hegemonia a política aqui no Maranhão. Na medida em que o espaço nacional deles hoje é zero, eles têm muita dificuldade de se posicionar”, argumentou Dino.

 

 

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Rádio Timbira Ao Vivo
Busca

Rádio Timbira Ao Vivo

Facebook