Publicidade

Oposição faz politicagem e vota contra a MP que garante maior remuneração do Brasil para professores do MA

 

A oposição ligada à família Sarney na Assembleia Legislativa bem que tentou, mas não conseguiu impedir a aprovação da Medida Provisória nº 272/2018, que concede reajuste salarial de 6,81% a todos os integrantes do Subgrupo Magistério da Educação Básica do Maranhão e professores contratados. Mesmo com os votos contrários dos deputados sarneyzistas, os parlamentares da base do governo garantiram o benefício aos docentes.

A Medida Provisória vinha sendo boicotada desde a sua votação nas comissões. Os deputados Eduardo Braide, Wellington do Curso e César Pires lideraram uma verdadeira cruzada contra o projeto com o único e exclusivo objetivo de desgastar a imagem do governo junto aos professores.

Mesmo com toda a politicagem que envolveu a aprovação da matéria, os deputados da base do governo se mantiveram firmes para que a MP fosse aprovada e o piso dos docentes com jornada de 40h semanais passassem a ser de R$ 5.750,83 e, de 20h, de R$ 2.875,41.

Cientes dos avanços educacionais que Flávio Dino está conseguindo no Maranhão, os deputados ligados ao clã Sarney tentam de todas as formas manchar a imagem do governo, inclusive chegando ao absurdo de criticar aumento salarial para professores. O desespero da oposição ficou evidenciado no ódio que eles demonstraram durante a votação da MP 272.

Apesar de ter feito de tudo para impedir o aumento, o deputado Eduardo Braide foi incapaz de votar contra a Medida. Wellington do Curso preferiu se abster da votação. Já Adriano Sarney, Sousa Neto, Max Barros, Edilázio Júnior, Graça Paz e César Pires não fizeram nem questão de esconder o descontentamento com a aprovação do aumento salarial para os professores.

Com a aprovação da medida, desde 2015, os professores do Maranhão já tiveram reajuste salarial de 30,35%. Bem acima da inflação do período, que foi de 21,46%. Mesmo em um momento de crise econômica que paralisa investimentos e salários em todo o Brasil, Flávio Dino demonstra, com esses reajustes, que a educação é prioridade no Maranhão.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Rádio Timbira Ao Vivo
Busca
Facebook

Rádio Timbira Ao Vivo