Publicidade

Operação prende suspeita de mandar matar ex-secretário de Cândido Mendes

 

O Ministério Público do Maranhão realizou, com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Polícia Civil, uma operação para cumprimento de um mandado de prisão temporária, decretado pela Justiça, contra Edna Maria Cunha de Andrade. A ação foi deflagrada pela Polícia Civil, que cumpriu o mandado na manhã desta terça-feira,26.

Ela foi presa, as 06h30, no seu apartamento localizado na Penísula, no bairro Ponta d’Areia, em São Luís. A polícia realizou busca e apreensão em um segundo apartamento e no escritório dela, onde foi apreendido um celular.

Edna Maria é suspeita de ser a mandante do assassinato do marido Rolmerson Robson, ex-secretário municipal de Saúde de Cândido Mendes. Edna Maria Cunha de Andrade será ouvida pelo Ministério Público. A decisão é do Desembargador José Luís Almeida.

O CRIME

Rolmerson Robson foi assassinado a tiros, na manhã do dia 21 de fevereiro de 2014, na estrada que liga a sede do município de Cândido Mendes ao povoado Águas Belas. Em janeiro deste ano, Nei Moreira Costa, apontado nas investigações como o executor do crime, foi preso temporariamente. Sua prisão foi prorrogada.

As investigações sobre o crime foram deflagradas pelo Núcleo de Investigação do Ministério Público do Maranhão, com a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Polícia Civil.

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook