Publicidade

“Não defendo interesses pessoais ou de grupos. Defendo o Estado de Direito”, diz Dino em rede social

Sem título

O governador Flávio Dino usou mais uma vez as redes sociais para comentar o atual cenário político brasileiro dos últimos meses, desencadeado principalmente pelo acirramento do embate entre grupos pró e contra a presidente Dilam Rousseff e das últimas fases da Operação Lava Jato.

Em uma postagem no Facebook nesta sexta-feira (18), Dino afirmou que não ficaria na história como “oportunista, omisso, traidor” e disse que não defende interesses pessoais ou de grupos, mas sim o “Estado Democrático de Direito a Constituição de 1988 e a legalidade.”

O comentário do governador já recebeu mais 2.700 mil curtidas e mais de 300 compartilhamentos. Muitos dos comentários elogiam o posicionamento de Dino, enquanto outros criticam a fala do gestor.

O posicionamento de Dino vai de encontro ao defendido por segmentos sociais, incluindo juristas, que questionam a atuação do juiz federal Sérgio Moro à frente da operação. Eles afirmam que o juiz tem exagerado nas medidas, sendo muitas delas até inconstitucionais.

Essa não é a primeira vez que Flávio Dino comenta o desdobramentos da Lava Jato. Através das redes sociais, o governador tem constantemente defendido a constitucionalidade da operação e a imparcialidade da Justiça.

Busca