Prefeitura de São Luís

Multidão volta às ruas de São Luís em protesto contra Bolsonaro

Manifestação causou engarrafamentos no centro histórico de São Luís

Na tarde desta quinta-feira, 30, manifestantes voltaram às ruas de São Luís para mais um ato contra o governo Bolsonaro. Os manifestantes se reuniram no complexo turístico da Deodoro e de lá saíram em caminhada até a Praia Grande.

A manifestação, que desta vez manteve como pauta principal o corte de verbas da educação, ou contingenciamento, como assim defende o governo, reuniu estudantes de Institutos Federais, UFMA, representantes de sindicatos e entidades contrárias às políticas do atual governo, além  de algumas personalidades políticas.

Manifestantes se concentram na Praça Deodoro

Apesar de estimativas iniciais animadoras, o manifesto convocado em todo país pela União Nacional dos Estudantes (UNE), ao menos em São Luís parece ter perdido um pouco de força, mesmo tendo reunido uma multidão que causou engarrafamentos e trancou todo centro da capital.

A caminhada foi marcada pelo discurso de estudantes e apoiadores da causa, que massificaram o convite para Greve Geral em todo o País, convocada para o próximo dia 14 de junho.

O manifesto foi encerrado nas proximidades do Palácio dos Leões, sede oficial do governo do estado, com atrações e shows, num palco montado atrás da Casa do Maranhão.

Veja mais fotos:

Radialista e Jornalista, Professor de Comunicação e Oratória, Locutor Publicitário e Apresentador de TV
Busca
Rádio Timbira Ao Vivo
Facebook